Portugueses eliminados na Taça da Europa de hóquei em patins

Juventude de Viana, Sporting de Tomar e Turquel, as três equipas portuguesas que estavam em competição na Taça da Europa de hóquei em patins, foram hoje eliminadas, não passando dos oitavos de final da competição.

Para todas, a missão era complicada, já que traziam da primeira mão derrotas ou empate em casa, e nenhuma conseguiu inverter a tendência da eliminatória, apesar do objetivo até nem ter ficado muito distante.

Após o 2-2 em Viana do Castelo, a Juventude de Viana foi até Espanha, para perder por 4-2 com o Voltegrá, nos arredores de Barcelona. Suissas e Francisco Silva marcaram os golos dos minhotos, afastados com um agregado de 6-4.

Em Tomar, o Sporting local tinha de recuperar de 2-6 com o Sarzano, de Itália. Ganhou por 5-3 e ficou também a dois golos do que pretendia, com o total das duas mãos a registar 9-7 para os transalpinos.

João Candeias e Xanoca bisaram na partida e o outro golo da equipa nabantina foi de Pedro Martins.

Quanto ao Turquel, encarou a viagem a Viareggio, na Itália, já com uma derrota por 5-2. Retificou bem a imagem e empatou, 4-4, com os golos lusos a terem assinatura de João Souto, por três vezes, e Pedro Batista.

Para os quartos de final também seguem Igualada, Lleida, Valdagno e Wolfurt, faltando finalizar a eliminatória entre Coutras e Nantes.

Ler mais »

Atletismo: Patrícia Mamona com os mínimos para os Europeus de pista coberta

Patrícia Mamona assegurou hoje mínimos para os Europeus de atletismo de pista coberta, ao atingir os 14,09 metros no triplo-salto, no decorrer da primeira jornada dos apuramentos para os Campeonatos Nacionais de Clubes, a decorrer em Pombal.

Com o melhor registo português do ano na sua primeira prova de triplo, a atleta do Sporting ultrapassou claramente a marca de qualificação (13,85) para os Campeonatos Europeus, que se realizam em Glasgow, Escócia, de 01 a 03 de março.

A finalista olímpica e campeã europeia concretizou uma das 10 vitórias individuais do Sporting (em 13 possíveis), sendo bem secundada por outra internacional, Cátia Azevedo, que correu os 400 metros em 54,06 segundos.

Ainda estiveram em bom plano as saltadoras Evelise Veiga, com 6,26 metros no comprimento (a 24 centímetros dos mínimos e a apenas seis do seu recorde pessoal) e Anabela Neto, com 1,82 em altura, a três centímetros do seu recorde pessoal.

Ana Cabecinha, nos 3.000 metros marcha, Joana Soares, nos 1.500 metros, e Filomena Costa, nos 3.000 metros, conseguiram as três vitórias que fugiram ao Sporting.

Em masculinos, o Sporting conseguiu 11 vitórias individuais, destacando-se o velocista Carlos Nascimento, com 6,75 segundos nos 60 metros, e os saltadores, com o júnior Gerson Bardé a fazer 2,06 em altura, Edi Maia a passar 5,25 na vara, Carlos Veiga a saltar 7,29 e Tiago Pereira a fazer a melhor marca do ano no triplo, com 15,98.

Apenas duas provas não foram dominadas pelo Sporting: os 1.500 metros, com triunfo de Tomás Silva, do Grecas, e os 60 m barreiras, ganhos por Paulo Neto, do Jardim da Serra.

Os apuramentos, nos quais estão inscritas 50 equipas masculinas e 41 femininas, são distribuídos em três jornadas, sendo a de hoje a que tinha maior participação (32 equipas masculinas e 19 femininas), o que levou a grandes atrasos no programa. Domingo de manhã e de tarde competem as restantes equipas.

Vencedores das provas de sábado:

Femininos (todas do Sporting, exceto as assinaladas): 60 m - Beatriz Andrade, 7,71 segundos; 400 m - Cátia Azevedo, 54,06s; 800 m - Beatriz Rodrigues, 2.15,93 minutos; 1.500 m - Joana Soares (Jardim da Serra), 4.32,93 m; 3.000 m - Filomena Costa (Jardim da Serra), 9.46,90; 60 m barreiras - Olímpia Barbosa, 8,47s; altura - Anabela Neto, 1,82 metros; vara - Ana Carol Oliveira, 3,35m; comprimento - Evelise Veiga, 6,26m; triplo - Patrícia Mamona, 14,09m; peso - Jessica Inchude, 15,46m; 3.000 m marcha - Ana Cabecinha (CO Pechão), 13.08,66 minutos; 4x400 m - Sporting, 3.53,27 minutos.

Masculinos (todos do Sporting, exceto os assinalados): 60 m - Carlos Nascimento, 7,75 segundos; 400 m - André Marques, 49,78s; 800 m - Sandy Martins, 1.52,35m; 1.500 m - Tomás Silva (Grecas), 3.59,31 m; 3.000 m - Fernando Serrão, 8.22,60 m; 60 m barreiras - Paulo Neto (Jardim da Serra), 8,36 s; altura - Gerson Baldé, 2,06; vara - Edi Maia, 5,25; comprimento - Carlos Veiga, 7,29; triplo - Tiago Pereira, 15,98; peso - Marco Fortes, 16,62; 5.000 m marcha - Paulo Martins, 21.43,71; 4x400 m - Sporting, 3.21,64.

Ler mais »

Adrien Silva confirma proposta para regressar ao Sporting: "Vamos ver se é o momento certo"

Adrien Silva confirmou este sábado em declarações à RTP que tem a possibilidade de regressar ao Sporting, mas que ainda não tomou qualquer decisão uma vez que tem várias propostas de outros clubes.

"[O Sporting] É uma das propostas que existem, mas ainda não tomei nenhuma decisão", disse o médio formado em Alvalade ao referido canal de televisão.

"Sempre disse que gostaria de voltar um dia [ao Sporting], mas vamos ver se é o momento certo", acrescentou Adrien Silva.

"É um momento delicado para mim, mas há que continuar o caminho para arranjar uma solução para melhorar daqui em diante", sentenciou Adrien Silva.

Ler mais »

Daniel Podence assiste na vitória do Olympiacos em casa do Giannina

O Olympiacos, treinado pelo português Pedro Martins, venceu hoje na visita ao Giannina, por 2-1, num jogo com dois autogolos, e mantém-se na perseguição ao líder PAOK, na Liga grega de futebol.

A equipa ateniense, que teve Daniel Podence a titular, chegou à vantagem logo aos oito minutos, graças a um autogolo de Apostolos Skondras, mas o central Jagos Vukovic também marcou na própria baliza do Olympiacos, aos 14.

O português Podence, ex-Sporting, acabou por estar no lance decisivo, aos 37 minutos, ao assistir Christodoulopoulos para o 2-1, resultado que se manteve até ao final.

A equipa de Pedro Martins é segunda no campeonato, a cinco pontos do PAOK, que ainda defronta em casa nesta 16.ª jornada o Panionios.

Ler mais »

Sub-23 de Portugal conquistam ouro e prata nos Campeonatos do Mediterrâneo

Portugal conquistou uma medalha de ouro, por Salomé Afonso, nos 800 metros, e uma de prata, por João Coelho, nos 400 metros, na primeira edição dos Campeonatos do Mediterrâneo de atletismo para atletas sub-23 em pista coberta.

A primeira medalha de ouro de Portugal nesta edição inaugural dos campeonatos, que se realizou hoje em Miramas, na França, foi obtida por Salomé Afonso. A sportinguista venceu os 800 metros com a marca de 2.08,18 minutos, derrotando a marroquina Khadija Benkassem (2.08,88). Esta é a segunda melhor marca de sempre da jovem portuguesa.

Com medalha de prata regressou João Coelho, segundo classificado nos 400 metros, com a marca de 48,15 segundos, um recorde pessoal em pista coberta. O vencedor foi o argelino Slimane Moula (48,03). Nas meias-finais, realizadas durante a manhã, João Coelho venceu aquela em que participou, com a marca de 48,18, também recorde pessoal.

Fora das medalhas ficou Frederico Curvelo, que até era apontado como um dos favoritos ao pódio. Na final dos 60 metros, o atleta do Benfica correu em 6,81 segundos (ficou a dois centésimos do seu melhor), terminando em quarto lugar, numa prova que conheceu como vencedor o francês Viktor Contaret (6,78). Antes, Curvelo tinha conseguido ser segundo na sua meia-final, com 6,82 segundos.

Pior esteve José Carlos Pinto, que foi quinto classificado nos 800 metros, registando a marca de 1.52,13 minutos, numa prova em que o vencedor foi o espanhol Pablo Sanchez Valladares (1.50,12).

Ler mais »

Sporting-Moreirense já tem árbitro

Rui Costa, da associação do Porto, vai dirigir hoje o encontro entre o Sporting e o Moreirense, da 18.ª jornada da I Liga de futebol, de acordo com informação publicada no site da Liga de clubes.

O árbitro vai ser assistido por Pedro Ribeiro e Tiago Costa, sendo que o vídeoárbitro será João Capela.

O Sporting, quarto classificado, com 35 pontos, recebe hoje, às 18h00, o Moreirense, 7º, com 28.

Ler mais »