Ministro do Desporto diz que receber Ocean Race é vitória para Cabo Verde

O ministro do Desporto cabo-verdiano disse hoje que receber uma das escalas da próxima edição da Ocean Race é uma vitória e enquadra-se na estratégia de transformar Cabo Verde numa plataforma especializada na organização de eventos desportivos.

A organização da prova anunciou hoje que a ilha cabo-verdiana de São Vicente vai receber uma das escalas da próxima edição da Ocean Race, competição internacional de navegação à vela à volta do mundo.

O Porto do Mindelo vai acolher os cerca de 60 barcos que vão estar em prova, na edição que irá decorrer entre 2021 e 2022, no que será uma das paragens mais rápidas.

Em declarações à agência Lusa, o ministro do Desporto de Cabo Verde, Fernando Elísio Freire, disse que o país apresentou a sua candidatura, juntamente com várias cidades do mundo, e que acolher o evento é uma vitória para o país.

"É acima de tudo uma vitória de Cabo Verde, da credibilidade do nosso país, é uma vitória de todos os cabo-verdianos", disse o ministro, referindo que a prova está enquadrada na estratégia de transformar Cabo Verde numa plataforma especializada na organização de eventos desportivos, e o desporto náutico não foge à regra.

Fernando Elísio Freire recordou que o país recebeu recentemente uma etapa do campeonato do mundo de kitesurf, organizou os Jogos Africanos de Praia, ambos na ilha do Sal, e vai receber agora o Ocean Race, no Mindelo.

"É a maior regata do mundo, Cabo Verde é o segundo país africano a ser contemplado, a primeira etapa na nossa região, o que acima de tudo demonstra a grande credibilidade do nosso país e a forma articulada como o Governo, como um todo, está a conseguir ligar o turismo, a economia azul, o desporto e a promover o nosso país. Estamos a utilizar o desporto para engrandecer ainda mais Cabo Verde", enfatizou o governante, à Lusa.

O ministro disse que Cabo Verde está a entrar "na rota mundial de regatas" e "com mais força" no mapa dos eventos desportivos, principalmente nos desportos náuticos.

"Isso é muito bom para o nosso país, é muito bom para a ilha de São Vicente. Estamos a conseguir resultados extraordinários com as nossas políticas de promoção de Cabo Verde e com as nossas políticas a nível do turismo e do desporto", reforçou.

Até a altura da prova, Fernando Elísio Freire garantiu que Cabo Verde estará preparado e criará todas as condições para que o evento seja "um sucesso".

"A regata passa por outras cidades do mundo e nós temos de estar preparados, os nossos portos, as nossas estruturas, a nossa cidade do Mindelo, toda a estrutura para receber a prova, os turistas, é a imagem externa do nosso país", mostrou, sublinhando o "grande momento" para Cabo Verde.

O titular da pasta do Desporto em Cabo Verde disse ainda que haverá envolvimento de todas as estruturas e de todas as entidades com responsabilidades para organizar o evento de nível mundial, que entende vai dar uma "grande projeção" ao país.

Pela quinta vez seguida, a próxima Ocean Race vai partir de Alicante, em Espanha, e terá paragens em Haia, na Holanda, e Aarhus, da Dinamarca, além de Cabo Verde.

De acordo com a organização, mais destinos serão anunciados nas próximas semanas.

Ler mais »

Par de patinadores no gelo mais medalhado de sempre retira-se

Os canadianos Tessa Virtue e Scott Moir, o par de patinadores no gelo mais medalhado da história do olimpismo, anunciaram hoje o fim da carreira.

?Olá a todos. Temos novidades para todos os que nos têm apoiado. É uma notícia um emotiva?, revelou Tessa nas redes sociais, antes de Scott acrescentar que ?depois de 22 anos parece a altura certa para deixar este desporto?.

Scott, de 32 anos, e Tessa, de 30, juntaram-se aos nove e sete anos, respetivamente, protagonizando o que muitos classificam de ?par perfeito? na pista, sem nunca terem assumido uma relação afetiva.

A dupla de Ontário conquistou cinco medalhas em Jogos Olímpicos, entre três ouros (dança no gelo em Vancouver2010 e PyeongChang 2018, além do primeiro lugar por equipas nesta edição) e duas pratas (ambas em Sochi2014 na dança no gelo e por equipas).

Entre muitos outros êxitos, Tessa e Scott foram ainda três vezes campeões do mundo (Torino em 2010, Nice em 2012 e Helsínquia 2017) e ?vice? em outras tantas ocasiões (2008, 2011 e 2013), além do bronze em 2009.

?Estamos em boas mãos no Canadá. A próxima geração de skatistas abrirá novos caminhos, quebrará todos os nossos recordes e mal podemos esperar para torcer por eles. E estaremos aqui para ver?, concluíram.

Ler mais »

LE: Treinador do Young Boys quer ousadia ofensiva frente a FC Porto mais forte

O treinador do Young Boys, Gerardo Seoane, reconheceu hoje a superioridade do FC Porto, adversário da ronda inaugural do Grupo G da Liga Europa de futebol, mas reforçou a ambição de jogar ao ataque.

"A relação de forças é clara: o FC Porto é a equipa mais forte e com jogadores de maior qualidade. Eles jogam em casa e têm vantagem, mas o bonito da Liga Europa é que tudo pode acontecer. Vamos procurar crescer ao longo do jogo, trazendo os nossos pontos fortes e mostrando ousadia a atacar", explicou o técnico, na conferência de antevisão ao duelo de quinta-feira, realizada no Estádio do Dragão.

Gerardo Seoane, de 40 anos, sublinhou o "potencial ofensivo" dos ?dragões?, mas disse que vai procurar explorar as costas da defesa portista, esperando uma "prestação muito solidária" dos seus jogadores para aspirar a um resultado positivo.

"Temos uma equipa jovem e com muita fome de bola. Não perguntei muito ao Saidy [Janko] sobre o FC Porto. Preferi ter a minha própria imagem e estamos satisfeitos por encarar um adversário forte, num belo estádio. Será um desafio para nós, mas vamos encará-lo com determinação", afiançou, em alusão ao lateral-direito suíço, que foi cedido pelos ?azuis e brancos? ao Young Boys, sem nunca ter disputado qualquer jogo oficial ao serviço dos vice-campeões nacionais.

A comitiva helvética ficou retida em Berna, sob indicação de que não poderia aterrar no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, devido ao nevoeiro que se fez sentir no Porto, o que originou atrasos no voo e nos trabalhos do bicampeão helvético, mas Seoane garantiu que isso "não tem influência" na preparação do jogo.

Ao lado do treinador esteve o guarda-redes David von Ballmoos, que destacou destacar a necessidade de o Young Boys implementar os seus processos com e sem bola, deixando alguns elogios aos atributos ofensivos do conjunto português.

Os ?dragões? estão na fase de grupos da Liga Europa nove anos depois da última presença, que acabou por resultar na conquista do troféu, porque foram afastados pelos russos do Krasnodar (1-0 fora e 2-3 em casa) na terceira pré-eliminatória de acesso à Liga dos Campeões.

O FC Porto e o Young Boys, que nunca se cruzaram nas competições europeias, defrontam-se no Estádio do Dragão, no Porto, a partir das 20:00 de quinta-feira, em jogo que terá arbitragem do letão Andris Treimanis.

Ler mais »

Conceição: "É melhor competir para ganhar a Liga Europa, do que ser eliminado na fase de grupos da Champions"

Sérgio Conceição fez, ao final da tarde desta quarta-feira, a antevisão do jogo com o Young Boys, da primeira jornada da Liga Europa. Na antevisão do encontro com os suíços, o técnico do FC Porto falou das aspirações do clube na prova, elogiou o adversário e comentou o facto de a equipa ter dificuldades em gerir melhor os jogos.

FC Porto está mas forte? "Com o passar do tempo, é normal que os processos evoluam. Os jogadores já percebem melhor aquilo que o treinador quer. Isso não serve porém de desculpa para o que aconteceu contra o Krasnodar. Temos trabalhado sempre para melhorar as nossas fragilidades. É um processo natural, é uma equipa que está a começar".

Análise ao Young Boys: "Olhando para a final do ano passado, Chelsea ou Arsenal poderiam ter vencido perfeitamente a Liga dos Campeões. E o Young Boys deu uma boa resposta na Liga dos Campeões na época passada. Estudámos bem o nosso adversário e estamos precavidos. Queremos dar uma resposta ao nível do nosso valor e passado do FC Porto."

FC Porto pode vencer a Liga Europa? "Vamos lutar pela vitória em todos os jogos. Não se consegue vencer competições destas sem vencer patamares. Vamos defrontar uma equipa perigosa pelas características dos seus jogadores."

Objetivos do FC Porto na prova: "É ganhar todas as competições em que entra. Esta não foge à regra. Temos de pensar que para chegar longe é preciso começar a ganhar. Amanhã temos o bicampeão suíço, uma equipa difícil, olhando para as individualidades. A estrutura desta equipa varia muito, até dentro do próprio jogo, mas estamos preparados e precavidos para essas nuances do jogo."

FC Porto é favorito? "Nós somos uma das três equipas com mais presenças na Champions. Não é esta a competição em que queríamos estar, mas é a que estamos. Teoricamente, o FC Porto é mais forte que o rival de amanhã, isso não há dúvida. Essa diferença existe, mas isso tem de ser provado nos 90 minutos, ou neste caso nos 180, quando lá formos jogar a casa do rival. Todos os jogos são difíceis, as equipas de futebol estão cada vez mais preparados para ser competitivos."

Mais motivação para vencer a Liga Europa? "O Uribe deu uma resposta fantástica há bocado. Independentemente da competição, a motivação tem de partir por representar este clube. Estamos a defender o FC Porto. Por vezes é melhor estar a competir para ganhar a Liga Europa, do que ser eliminado na fase de grupos da Liga dos Campeões."

Situação clínica de Zé Luís: Ele já estava condicionado antes do jogo de Portimão. Conseguimos que ele estivesse operacional para esse jogo. Amanhã veremos. O problema dele foi uma entorse e as horas às vezes são decisivas.

Benfica parece dar prioridade à I Liga: "Não quero falar dos rivais. Falo da minha equipa e nós preparamos os jogos de acordo com aquilo que é a estratégia para o jogo, o adversário e o momento de forma dos jogadores. Dentro desses parâmetros, eu decido o melhor 11. Não há cá qualquer tipo de gestão. Estamos a meio de setembro, estamos a formar uma equipa forte, e é natural que os melhores joguem, olhando para aquilo que eu já disse."

Apoio dos adeptos: "Nós não precisamos de momentos negativos para nos dar forças extra. Nós temos é que ter momentos positivos, para que esses momentos se repitam. Vamos entrar para ganhar, é o que nós fazemos e é o que esta casa consegue há muitos anos. É isso que fica na história dos clubes."

Sente alguma fragilidade emocional da equipa? "Vou-lhe dar um exemplo da fragilidade emocional que temos. Fomos à Luz e vencemos 2-0 depois de um momento crítico, onde tivemos duas derrotas consecutivas. Há momentos de jogo em que temos de melhorar. Dedicamos muitas horas do nosso tempo às fragilidades que podemos ter. Nós pensamos e trabalhos em cima desses erros, como é óbvio."

Ler mais »

Conceição explica irritação com Nakajima: "Não basta ter contrato com FC Porto, é preciso sentir o clube"

Depois da vitória frente ao Portimonense aos 98 minutos, na 5.ª jornada da I Liga, saltou à vista de todos uma conversa mais dura de Sérgio Conceição com Shoya Nakajima. Otávio e Corona tiveram mesmo de intervir, pedindo ao treinador para ter mais calma. O momento deu muito que falar na imprensa e, esta quarta-feira, na antevisão do jogo com o Young Boys, para a 1.ª jornada da Liga Europa, o técnico explicou o que se passou naquele momento.

Ler mais »

Uribe e a Liga Europa: "Trabalhamos para ser favoritos"

Matheus Uribe foi o jogador escolhido para fazer a antevisão da receção do FC Porto aos suíços do Young Boys, da jornada inaugural da Liga Europa.

Adaptação ao FC Porto: "Acho que foi fácil a minha adaptação, devido à qualidade dos jogadores que temos e do acompanhamento da equipa técnica. Os resultados também nos ajudam a corrigir. Com vitórias é mais fácil corrigir as coisas menos boas que vamos fazendo. Para mim é um orgulho estar aqui e vou dar sempre 100% por este emblema e por esta camisola."

Liga Europa: "Quanto tive oportunidade não pensei em jogar competições europeias. Vim pela história e pelo que o FC Porto representa. É muito bom estar cá, seja qual for a competição que jogar. Para mim, como sul-americano, é um orgulho estar cá."

FC Porto favorito à conquista da Liga Europa?: "Temos essa responsabilidade. Pelo plantel, pelo emblema que defendemos, temos de enfrentar essa pressão. É para isso que treinamos e nos preparamos. Temos de nos preparar para ser favoritos."

Elogios de Conceição: "É muito difícil responder a essa pergunta. Gosto muito de estar à disposição dele. Pouco a pouco entendo cada vez melhor aquilo que o treinador me pede. Aos poucos tenho mais claros os ensinamentos dele. O trabalho tático é muito fácil para poder entender. Se faço um bom trabalho em campo, isso vem do trabalho da semana, do treino. O que o treinador quer implementar é que cada um se adapte à posição."

Young Boys: "Estamos conscientes do adversário que vamos enfrentar. É uma equipa muito rápida, muito vertical. Temos de estar muito focados na defesa. Mas tudo passa pelo que vamos fazer. Estamos no nosso estádio e temos de nos impor. Temos de lhes tirar a força e fazer o nosso jogo."

Resultado: Para nós, todos os adversários são respeitados. Estamos a jogar em nossa casa e queremos os três pontos. Temos de fazer o nosso jogo e implementar todas as coisas que temos vindo a trabalhar.

Ler mais »

Futebol/Angola: Selecionador de sub-17 destaca participação no torneio de Istambul

O selecionador de Angola de sub-17, Pedro Gonçalves, afirmou esta quarta-feira que a participação do conjunto angolano no torneio de Desenvolvimento da UEFA em Istambul (Turquia), a decorrer de 20 a 27 deste mês, vai permitir corrigir alguns aspetos com vista a uma participação condigna no Campeonato do Mundo, a ter lugar de 26 de outubro a 17 de novembro, no Brasil.

Em declarações à imprensa, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, antes do embarque da seleção para Istambul, Pedro Gonçalves salientou que a equipa técnica vai aproveitar ao máximo este torneio para fazer correções pertinentes, de modo a preparar a equipa para dignificar as cores do país.

?Vamos procurar aproveitar este torneio, que no fundo representa uma antecâmara para o Campeonato do Mundo, para corrigirmos alguns aspetos e também criar empatia entre os elementos que compõem o conjunto nacional?, salientou o selecionador.

No Torneio de Desenvolvimento da UEFA, o conjunto angolano encontra-se no grupo B com as seleções da Escócia, Camarões e do Paraguai, enquanto o outro grupo é constituído pela Nigéria, Turquia, Senegal e Guatemala.

Para esta empreitada, o técnico Pedro Gonçalves conta com os seguintes atletas: Cambila, Geovanni e André (guarda-redes), Gegé, Domingos, Pablo, Afonso Mimo, Tino e Porfirio, Manilson (defesas) Beni, Zine, Maestro, Pedro, Nelinho, Netinho, Abdul (médios), Cláudio, Cakotila e David (avançados). Os jogadores Zito Luvumbo e Capita sãos os grandes ausentes no combinado nacional.

No Campeonato do Mundo, Angola integra o grupo A com as congéneres do Canadá, Nova Zelândia e Brasil.

Ler mais »

Jorge Braz chama campeões europeus para particulares com Espanha

O selecionador português de futsal, Jorge Braz, relevou hoje os convocados para os dois encontros particulares com a Espanha, que vão decorrer em Matosinhos, numa lista de 14 dominada por jogadores que foram campeões europeus em 2018.

Para o duplo confronto com os espanhóis, Braz optou por chamar grande parte dos jogadores que ajudaram Portugal a vencer o Europeu no ano passado, com o guarda-redes Bebé a ser o único ausente desse grupo.

O ala Miguel Ângelo, do Benfica, é o único jogador da lista de convocados que não esteve presente na Eslovénia.

Os encontros com Espanha vão decorrer nos dias 23 e 24 de setembro, no Pavilhão de Congressos e Desportos de Matosinhos.

Portugal e Espanha foram os dois finalistas do último Campeonato da Europa.

Lista de 14 convocados:

- Guarda-redes: André Sousa (Benfica) e Vítor Hugo (Sporting de Braga).

- Fixos: André Coelho (Benfica), Fábio Cecílio (Benfica), João Matos (Sporting) e Nilson (Sporting de Braga).

- Alas: Bruno Coelho (Benfica), Márcio (Sporting de Braga), Miguel Ângelo (Benfica), Pany (Sporting), Pedro Cary (Saragoça), Ricardinho (Inter Movistar) e Tiago Brito (Benfica);

- Pivô: Tunha (Belenenses).

Ler mais »

KuantoKusta junta-se ao lançamento de FIFA 20 e organiza dois torneios para 64 jogadores

O comparador de preços em Portugal KuantoKusta aliou-se ao lançamento de FIFA 20, previsto chegar às lojas na próxima semana e apresentou dois torneios na Baixa do Porto para 64 jogadores. A empresa espera atrair 2.000 fãs do simulador de futebol da Electronic Arts e vai abrir as inscrições no próximo dia 23 de setembro, nas redes sociais das respetivas empresas.

O evento decorre no dia de lançamento mundial do jogo, a 27 de setembro, e vai permitir aos interessados conhecer e experimentar o novo FIFA 20. A competição decorre na Fábrica de cerveja Nortada, no Porto, entre as 17 horas e as 2 da manhã. Segundo Cristina Pereira, Marketing Manager do KuantoKusta, ?Este é o primeiro evento KuantoKusta fora de portas, uma experiência única para milhares de pessoas, cujo foco é criar um novo ciclo de contacto com a marca, de maior relacionamento e aproximação com o cliente final?.

Os cerca de 2.000 visitantes esperados poderão experimentar o jogo, e caso estejam interessados em participar, podem inscrever-se para um dos dois torneios que vão decorrer, cada um para 32 jogadores. O vencedor de cada torneio leva para casa uma PlayStation 3 e um jogo FIFA 20, oferecidos pela PcComponentes, a empresa e-commerce dedicada a tecnologia que patrocina as competições.

Ainda durante o evento, a FEPODELE (Federação Portuguesa de Desportos Eletrónicos) vai estar presente para dinamizar o lançamento, promovendo um talk sobre a temática FIFA, e a importância do jogo nos eSports em Portugal.

FIFA 20 será lançado no PC, PS4 e Xbox One e conta como principal novidade o modo VOLTA Football, que é uma espécie de FIFA Street, ou seja, futebol de rua, onde sobressaem as vedetas das fintas e as manobras fantásticas. Ainda dentro do VOLTA, os jogadores vão poder experienciar o modo narrativo, que substituir a Caminhada das edições anteriores, a Liga, World e Kick off.

Ler mais »

Zé Luís fez gestão de esforço antes de FC Porto receber Young Boys

O avançado Zé Luís, melhor marcador do FC Porto, esteve hoje ausente do treino que antecede a receção dos ?dragões? ao Young Boys, na quinta-feira, para a Liga Europa de futebol, tendo realizado ?gestão de esforço?.

De acordo com o clube, o jogador, que tem seis golos marcados, cinco dos quais na I Liga e um ainda na pré-eliminatória da Liga dos Campeões, realizou ?trabalho de ginásio para gestão de esforço do tornozelo direito?.

Fora das opções do treinador Sérgio Conceição continua o médio Sérgio Oliveira, que recupera de uma entorse no tornozelo direito, sofrida em agosto, e que trabalhou no ginásio e fez treino condicionado.

Ainda hoje, o técnico portista, juntamente com o futebolista colombiano Matheus Uribe, vão falar em conferência de imprensa na antevisão ao embate com os suíços, no Estádio do Dragão, no Porto, a partir das 18:30.

O FC Porto estreia-se na quinta-feira na edição 2019/20 da Liga Europa, entrando na fase de grupos, o que não acontecia desde 2010/11, temporada em que venceu a competição.

Os ?dragões? são presença assídua na Liga dos Campeões, mas foram relegados para a Liga Europa, depois de serem eliminados na terceira pré-eliminatória de acesso à ?Champions?, pelos russos do Krasnodar.

Na Liga Europa, a equipa integra o Grupo G, com os suíços do Young Boys, que defrontam na quinta-feira, às 20:00, os escoceses do Rangers e os holandeses do Feyenoord.

Ler mais »

Vitória de Guimarães leva 19 jogadores à Bélgica, com Davidson de regresso

O treinador do Vitória de Guimarães, Ivo Vieira, convocou hoje 19 jogadores para o duelo com o Standard de Liège, na Bélgica, da primeira jornada do Grupo F da Liga Europa de futebol, destacando-se o regresso de Davidson.

Titular nos primeiros 10 jogos oficiais da época, nos quais marcou três golos, o extremo brasileiro, de 28 anos, falhou os dois últimos encontros da I Liga - Rio Ave (1-1) e Aves (triunfo por 5-1) -, após a expulsão diante do FC Porto, para a quarta jornada do campeonato (derrota por 3-0), mas é novamente opção nos vimaranenses.

Os convocados, que hoje se deslocaram para o Aeroporto Francisco Sá Carneiro de forma a embarcarem para a Bélgica, incluem ainda André Almeida, médio até agora utilizado em sete partidas, mas inscrito na prova pela Lista B, por ter 19 anos e ter cumprido toda a formação em Guimarães.

Em sentido inverso, o treinador Ivo Vieira deixou de fora quatro dos jogadores inscritos pela Lista A: o lateral direito Victor Garcia e o médio Al Musrati, por lesão, e ainda o central Frederico Venâncio e o ala Marcus Edwards.

O Vitória de Guimarães defronta os belgas do Standard de Liège num encontro agendado para quinta-feira, às 17:55 de Lisboa, no Estádio Maurice Dufrasne, em Liège, com arbitragem do russo Sergei Ivanov.

Lista de 19 convocados:

- Guarda-redes: Miguel Silva, Douglas e Miguel Oliveira.

- Defesas: Sacko, Tapsoba, Pedro Henrique, Bondarenko, Florent e Rafa Soares.

- Médios: Mikel Agu, Pepê, Dénis Poha, André Almeida e Lucas Evangelista.

- Avançados: Rochinha, Davidson, Marcus Edwards, André Pereira e Léo Bonatini.

Ler mais »

FC Porto: Zé Luís não treinou e está em dúvida para a receção ao Young Boys

O FC Porto fez na manhã desta quarta-feira o último treino de preparação para o jogo com o Young Boys, uma sessão que não contou com a presença de Zé Luís.

O cabo-verdiano não esteve presente nos quinze minutos do treino aberto do FC Porto à Comunicação Social, ele que na última semana esteve em dúvida para o encontro com o Portimonense no qual acabou por ser titular.

Os motivos da ausência do avançado, de 28 anos, deverão ser esclarecidos ou através da atualização do boletim clínico, a publicar pelos dragões por volta da hora do almoço, ou na conferência de imprensa de antevisão da partida.

Sérgio Oliveira também não esteve no relvado do Olival, pelo que deverá falhar o jogo com a formação suíça.

Ler mais »

Liga Europa: Miguel Pinto Lisboa quer chegar aos 16 avos de final

O presidente do Vitória de Guimarães, Miguel Pinto Lisboa, afirmou hoje que o clube deseja chegar aos 16 avos de final da Liga Europa de futebol, apesar do grupo F ser "difícil".

Na antecâmara da primeira jornada do Grupo F, na Bélgica, frente ao Standard de Liège, o dirigente mostrou-se "consciente das dificuldades que acarretam todos os jogos", mas reiterou que os minhotos vão "entrar sempre para vencer", perante adversários com a "consciência de que defrontar o Vitória não é um desafio fácil".

"É um grupo difícil, que nos motiva. Entraremos motivados e confiantes para cada jogo, tendo por objetivo passar à próxima fase", disse, na análise a um grupo que inclui ainda os ingleses do Arsenal e os alemães do Eintracht Frankfurt, antes do voo para a Bélgica, no Aeroporto Francisco Sá Carneiro (Porto).

Miguel Pinto Lisboa rejeitou ainda qualquer "ansiedade" pela estreia no Grupo F, tendo preferido realçar que os jogadores estão "desejosos de mostrarem a toda a Europa o valor que têm", numa competição que, no seu entender, tem mais valor a nível desportivo do que financeiro - após os 2,9 milhões de euros do acesso à fase de grupos, o clube pode ganhar 570 mil euros por cada triunfo.

"Mais importante do que o aspeto financeiro, é o aspeto desportivo. Na Liga Europa, os prémios não são muito significativos. Aliás, é um tema que se tem de discutir pelos clubes: a Liga Europa é pouco atrativa. Quando se tem desafios contra clubes como Arsenal e Eintracht Frankfurt, os prémios de vitória são residuais. A valorização do nosso clube e dos nossos atletas são mais importantes", vincou.

A participação vitoriana na competição está ainda a ser marcada pelos horários dos jogos em casa: depois de se ter reagendado o jogo com o Eintracht para as 20:00 de 03 de outubro e de se ter mantido o duelo com o Arsenal às 15:50 de 06 de novembro, o elenco presidido por Miguel Pinto Lisboa quer mudar a receção ao Standard para as 20:00 de 28 de novembro, mas ainda nada está decidido.

"É um tema que está a ser tratado. Há um alinhamento de vontades entre a UEFA, a Federação Portuguesa de Futebol e o Vitória. Temos questões que se prendem com limitações ao nível da segurança, que estamos a procurar ultrapassar", adiantou.

O Vitória de Guimarães defronta os belgas do Standard de Liège num encontro agendado para quinta-feira, às 17:55 de Lisboa, no Estádio Maurice Dufrasne, em Liège, com arbitragem do russo Sergei Ivanov.

Ler mais »

Sporting: Marcos Acuña também vai ser aumentado

Depois de orientado o processo da renovação de contrato de Bruno Fernandes, a SAD do Sporting quer agora rever em alta a situação salarial de um outro jogador influente do atual plantel. Trata-se de Marcos Acuña.

De acordo com a edição impressa do jornal O Jogo, o internacional argentino de 27 anos passará a auferir 1,4 milhões de euros limpos por temporada, ao invés dos atuais 1,2 milhões. Em cima da mesa está também a possibilidade de prolongar a duração do contrato de Acuña que, recorde-se, é válido até 2023.

O camisola 9 dos leões chegou ao emblema lisboeta no verão de 2017 e já contabiliza 105 jogos e sete golos ao serviço do clube de Alvalade.

Ler mais »

Tomané: "O FC Porto pode ganhar facilmente ao Young Boys"

O português Tomané não tem dúvidas de que o FC Porto tem todas as condições para conquistar os três pontos frente ao Young Boys na quinta-feira, em jogo da primeira jornada da fase de grupos da Liga Europa.

O antigo jogador do Tondela ajudou o Estrela Vermelha, o seu clube, a eliminar a equipa suíça no playoff da Liga dos Campeões e considera que os dragões são favoritos para a partida frente ao campeão suíço.

"É uma equipa que está ao alcance do FC Porto. Acredito até que o FC Porto pode ganhar facilmente ao Young Boys", começou por dizer Tomané, em declarações ao jornal O Jogo.

"O Krasnodar também era fácil e depois as coisas complicaram-se. (...) O Young Boys é uma equipa que joga de uma forma simples. Aposta nas bolas longas e em cruzamentos constantes. Se for preciso, não têm problemas em cruzar do meio-campo. É uma equipa que tem um processo simples", acrescentou o avançado, deixando uma dica ao FC Porto.

"Como os laterais são muito ofensivos e jogam quase sempre como extremos, o FC Porto pode explorar as costas desses jogadores. O Young Boys aposta muito na subida dos laterais e depois tem dificuldade em recuperar quando perde a bola", salientou Tomané, antes de deixar um aviso aos dragões.

"A maior dificuldade que o FC Porto pode ter é em anular as bolas aéreas que são metidas constantemente através de cruzamentos longos. Se eles jogarem com dois avançados, o FC Porto pode ter problemas nessa situação, até porque são jogadores muito altos, mas o FC Porto também tem centrais altos e com bom jogo aéreo para anular esse ponto forte deles", conclui o avançado português que este verão trocou o Tondela pelo Estrela Vermelha.

O jogo entre FC Porto e Young Boys está marcado para a próxima quinta-feira, às 20 horas, no Estádio do Dragão.

Ler mais »