Cervi: "Acho que merecíamos a vitória"

Cervi, jogador do Benfica, em declarações à Sport TV após o empate com o Famalicão, a uma bola.

Jogo: "Acho que merecíamos a vitória. Eles chegaram ao golo mas temos de continuar a trabalhar e de levantar a cabeça, porque a nível de jogo está a correr bem.

Não chegar ao 2.º golo afetou a equipa: "Sim, acho que sim. Controlámos a jogo durante quase toda a partida e um lance nos últimos minutos acaba por empatar o jogo. Mas acho que merecíamos muito a vitória"

Título do FC Porto é frustrante depois da vantagem que o Benfica teve: "Acho que está muito complicado, mas temos de lutar até ao fim. Temos mais três jogos e temos de continuar a trabalhar"

Taça de Portugal: "Temos uma final de Taça para disputar e temos de continuar a trabalhar, ver os erros que cometemos e levantar a cabeça porque sabemos que temos uma equipa muito grande"

Ler mais »

Nélson Veríssimo: "Aqui só temos um caminho, que é ganhar, independentemente do que isso significar nos outros campos"

O Benfica empatou hoje 1-1 na visita ao Famalicão, em jogo da 31.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, e deixa o FC Porto cada vez mais perto do título.

Confira as declarações de Nélson Veríssimo, treinador do Benfica, na flash-interview.

O jogo: "Saímos daqui frustrados pelo resultado contra uma boa equipa, num terreno difícil. Foi um jogo equilibrado, mas com as oportunidades que criámos podíamos ter saído daqui com a vitória. Acabámos por sofrer o golo na parte final, mas os jogadores estão de parabéns, tiveram um atitude digna e lutaram sempre pelo resultado. Fomos penalizados pela ineficácia mas saímos daqui contentes com a exibição que fizemos."

O FC Porto: "Aqui só temos um caminho, que é ganhar, independentemente do que isso significar nos outros campos. Jogámos com o espírito livre disso."

Ler mais »

COVID-19: Federação de Patinagem espera respostas positivas da DGS

O diretor técnico nacional da Federação Portuguesa de Patinagem, Nuno Ferrão, admitiu hoje que espera "respostas positivas às soluções apresentadas" na reunião com a Direção-Geral da Saúde (DGS), na sexta-feira, para desbloquear o regresso das modalidades de pavilhão.

As federações de andebol, basquetebol, patinagem (hóquei em patins), futebol (pelo futsal) e voleibol submeteram à DGS um documento conjunto para o regresso das modalidades, e as expectativas do dirigente são positivas, mas "é preciso aguardar"

"Todas as federações estão em uníssono na elaboração de medidas que permitam o regresso às competições. Apresentámos uma estratégia e amanhã (sexta-feira) vamos reunir para receber as respostas a tudo o que apresentámos. Neste momento estamos a aguardar", admitiu à agência Lusa.

Nuno Ferrão esclareceu que, em cima da mesa, está um regresso faseado das competições, seguindo as normas impostas pela DGS.

"Prevemos o regresso em três fases. O primeiro momento já está a acontecer, que passa por treinos com distanciamento obrigatório e outras restrições. A segunda fase passará por ter treinos sem restrições e a terceira fase é o retorno às competições", esclareceu.

O protocolo para a retoma das modalidades de pavilhão foi elaborado conjuntamente pelos presidentes, diretores técnicos e médicos das federações, que pretendem o regresso das competições seniores a partir da terceira semana de agosto.

Dessa intenção, desde que haja autorização da DGS, as federações já deram conhecimento ao secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, e ao presidente do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), Vítor Pataco.

As medidas de desconfinamento devido à pandemia de covid-19 permitiram a retoma da atividade desportiva ao ar livre e das competições de modalidades individuais, sujeitas ao cumprimento das regras sanitárias da DGS.

De fora continuam as modalidades coletivas de pavilhão, às quais apenas é permitido o treino individual dos atletas, com restrições e mantendo o distanciamento social e sem partilha de bola.

As federações reúnem-se na sexta-feira com a DGS, no mesmo dia em que está prevista uma audiência conjunta do Comité Olímpico de Portugal, Comité Paralímpico de Portugal e Confederação do Desporto de Portugal na Assembleia da República.

Ler mais »

Marega pede desculpas após ato de indisciplina, Conceição desvaloriza e garante que está tudo resolvido

Moussa Marega já pediu desculpas, depois de ter protagonizado cenas lamentáveis de indisciplina perto do final do jogo com o Tondela, ganho pelo FC Porto por 3-1.

"Desculpem pelo meu comportamento. Agora falta uma vitória para sermos campeões", escreveu o avançado nas redes sociais.

Sérgio Conceição já tinha comentado o caso, optando por desvalorizar a atitude do seu jogador.

"É um tema que se resolve em família. Marega é um grandíssimo profissional, trabalha muito. Fábio é um menino que está a aparecer. Se vissem lá dentro o que os jogadores fizeram... É fantástico. Temos um grupo forte. Um momento menos bom de um jogador e é tudo falado, não é a primeira, nem será a última vez", começou por explicar na entrevista rápida à Sport TV, sublinhando que já tinha resolvido tudo com o jogador.

"Tento falar com todos os jogadores. Está tudo resolvido", atirou.

Depois, na conferência de imprensa, voltou a falar do incidente, dando o caso como resolvido. "Está tudo resolvido, não há caso, não há questão, houve um mal-entendido antes da marcação do penalti. Já estive com o grupo no balneário", completou.

No jogo como Tondela, já nos descontos, o maliano sofreu a falta para a grande penalidade, ao ser empurrado na área por Filipe Sampaio. Marega queria marcar o penalti mas o banco do FC Porto ordenou que fosse o miúdo Fábio Vieira a bater. Uma decisão que desagradou e muito o avançado, tendo este dado um pontapé na bola, para longe. O árbitro Fábio Veríssimo mostrou-lhe amarelo por comportamento anti-desportivo.

Depois da conversão da grande penalidade, todos os jogadores do FC Porto foram festejar com Fábio Vieira, à exceção de Marega que se isolou do grupo. Pepe ainda tentou chamar-lhe a razão, mas sem sucesso.

Vários jogadores do FC Porto, incluindo Fábio Vieira, Otávio e Mbemba tentaram acalmar o maliano mas Marega não estava para ninguém. Nos minutos finais, aliou-se completamente do jogo, longe da zona da bola, a falar sozinho. Depois ainda perdeu uma bola fácil numa tentativa de tabelinha com Luis Diáz e não esboçou qualquer reação para tentar recuperar o esférico.

No final do encontro, saiu diretamente para o balneário, recusando-se a participar na habitual roda da equipa.

Marega tinha feito o 2-0, a passe de Corona, golo que lhe permite igualar Alex Telles com melhor marcador do FC  Porto na I Liga, com 10 golos cada.

O FC Porto está a um triunfo de ser campeão.

Ler mais »

Natxo González: "Fizemos mais do que incomodar o FC Porto"

FC Porto venceu hoje na visita ao Tondela, por 3-1, em jogo da 31.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, e está cada vez mais perto de conquistar o título.

Confira as declarações de Natxo González, treinador do Tondela.

O jogo: "Fizemos mais do que incomodar o FC Porto. A primeira parte foi controlada, a segunda parte abriu com um golo de bola parada. Eles estavam com dificuldades em entrar no nosso último reduto."

A derrota: "Sofremos o segundo golo, reduzimos e estivemos perto do empate. Fizemos um bom jogo. Estamos a competir bem, não estamos a conseguir pontuar, mas seguindo por este caminho os pontos acabarão por surgir."

Ler mais »

VÍDEO: O golo e as defesas da primeira parte do Famalicão-Benfica

O Benfica vai vencendo Famalicão por 1-0, graças a golo de Pizzi aos 37 minutos.

04 min.: Remate de Cervi já na área, Defendi tira para canto.

18 min.: Grande defesa de Odysseas a sacudir para canto um grande remate de Pedro Gonçalves.

37 min.: GOLO DE PIZZI -  Passe rasteiro de Cervi, Seferovic atira para defesa incompleta de Defendi. Na emenda, Pizzi não falha e atira para o fundo da baliza vazia. 

Acompanhe o segundo tempo, ao minuto, no SAPO Desporto

Ler mais »

Sérgio Conceição: "Não foi um jogo espetacular, mas foi bem conseguido"

O FC Porto venceu hoje na visita ao Tondela, por 3-1, em jogo da 31.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, e está cada vez mais perto de conquistar o título.

Confira as declarações de Sérgio Conceição, treinador do FC Porto.

O jogo: "Já é um hábito os adversários pensarem mais naquilo que é a organização defensiva, mas compreendo, já treinei equipas que lutavam pela manutenção. Apresentaram-se com duas linhas de cinco mas não tenho de falar da estratégia do adversário, só de encontrar soluções para desmontar esse processo defensivo. Foi o que tentámos fazer, umas vezes bem, outras menos bem, mas o importante foi o resultado dentro de um jogo bem conseguido. Não foi espetacular mas foi bem conseguido."

O adversário: "O Tondela está aflito e precisa de pontos, a perder, é normal, arriscou tudo num futebol mais direto, com dois avançados com grande envergadura física e tivemos de ir ajustando. Devíamos ter tido mais bola na fase final mas o Tondela teve o seu mérito. Fomos muito fortes e acabámos por conseguir fazer o terceiro golo."

Ler mais »