Please wait.
  • FC Porto 2-3 Krasnodar: Um adeus inesperado à Liga dos Campeões (e aos milhões)

    Desporto


    O FC Porto foi eliminado da edição 2019/20 da Liga dos Campeões ao perder, esta terça-feira, no Estádio do Dragão, por 3-2 com os russos do Krasnodar em jogo da segunda mão da terceira pré-eliminatória da prova, depois de ter vencido (1-0) em casa do adversário na semana passada, graças ao golo de Sérgio Oliveira, que saiu esta noite com uma leão aparentemente grave. Apesar do empate no total dos dois jogos, os russos passam à próxima fase por ter marcado mais golos fora.

    Nem tudo é mau para o FC Porto, que continua nas competições europeias, transitando para a fase de grupos da Liga Europa.

    Danilo Pereira recuperou e entrou no onze do FC Porto. O médio falhou o jogo com o Gil Vicente do passado fim-de-semana devido a lesão. Além de Danilo, Conceição fez cinco mudanças no onze em relação ao jogo com o Gil Vicente. Saravia estreou-se em jogos oficiais e ocupou o lugar de Manafá. Luiz Días também foi titular, num onze que contou com a estreia de Nakajima. Marega jogou sozinho na frente.

    Os russos marcaram bem cedo no jogo, logo aos 3 minutos. Na sequência de pontapé de canto de Suleymanov, a bola sofreu um desvio em Danilo e ficou à mercê de Vilhena que, sozinho no segundo poste, atirou para o fundo das redes de Marchesín.

    O FC Porto continuava irreconhecível e, num contra-ataque rápido, os russos aumentaram a vantagem, dando a volta à eliminatória. Depois de um corte incompleto de Corona, Wanderson lançou Suleymanov na frente e este, na cara de Marchesín, fez o 2-0.

    O balde de água fria chegaria mesmo aos 34 minutos, com o terceiro golo do Krasnodar. Num passe largo da direita para a esquerda de Vilhena, Suleymanov tirou Díaz da frente e fez um remate certeiro.

    Ao intervalo, o FC Porto perdia por 3-0 e a equipa portuguesa só viria a reagir no segundo tempo, aos 57 minutos, graças ao golo de Zé Luís. Num cruzamento de Nakajima, Luis Díaz recebeu ao segundo poste e serviu Alex Telles. O brasileiro cruzou para a área, onde apareceu Zé Luís a desviar de cabeça para o fundo das redes de Safonov.

    Aos 77 minutos, os dragões voltaram a reduzir a desvantagem e deram alento aos adeptos presentes no Estádio do Dragão. Corona entregou a Luis Díaz, este atirou cruzado à entrada da área, sem hipótese de defesa para Safonov, fazendo um grande golo.

    Source: SAPO Desporto

    Read all new »

    »back Read all new »